Home » » CONTOS QUE ME CONTAM: Comendo a mulher do primo

CONTOS QUE ME CONTAM: Comendo a mulher do primo






















































Tudo começou quando passei a observar como meu primo não valorizava sua mulher, saia para beber e viajar sem dar m´nima para ela, e ainda a mal tratava, dizendo muitas grosserias a ela na frente de todos.

Eu ficava sem graça e comecei a brincar com ela ate q ficamos amigos, mas eu sempre a olhava com vontade de possui-la, ela é meio loira, olhos esverdeados, clarinha e com poucas sardas, mas muito bonita, um bunda redondinha e impinada, e seios grandes.

E meu primo mais uma vez viajou a trabalho e como não podia deixa-la sozinha pediu que domisse na casa dele para fazer compahia a ela, eu aceitei e logo ja comecei a imaginar.

Ela havia alugado alguns DVDs mas o aparelho de DVD fica no quarto dela e ela me chamou para assistir com ela, ela ja estava deitada e coberta porque estava de camisola, e falou para que eu me assentesse na cama, e como viu q eu estava em posição ruím mandou q eu ficasse a vontade e me deitasse.

eu logo aceitei e como estava calor ela não aguentou ficar coberta, e jagou no chão o edredom, e eu fiquei olhando para ela atento e meu cacete logo ficou como uma rocha, eu que sou moreno claro, alto, cabelos pretos e olhos castanhos e um corpo em forma, e comecei a dizer a ela um monte de coisas tipo que ela não merecia o que ele fazia com ela, e que ele ja tinha me contado que a traíra várias vezes, ela começou a chorar e eu a beijei, e ela retribui com muita vontade.

e comecei a passar o dedos por seu corpo, e ela começou a respirar mais ofegante, ai a coloquei de pé sobre a cama e disse vou fazer com vc viviane(esse é o nome dela)tudo que aquele palhaço não faz, retirei sua camisola e ela estava so de calcinha e toda molhada, enfiei a mão dentro a sua calcinha e comecei a deixala louca, e perguntei o q vc quer? ela disse q queria me dar e que eu fizesse dela a minha puta, e foi o q fiz.

Mandei q ela ficasse de 4 sobre a cama, e quando ficou retirei sua calcinha e a deitei, e comecei a colocar o pau na sua bucetinha q ainda parecia virgem, ela disse q meu primo não tinha o pau grande e q não gostava de satisfaze-la, em quanto colocava ela gemia como se fosse a sua primeira vez, e gritava e pedia para q eu não parasse, e quando entrou ela gritou muito alto, e fiquei estocando naquela bucetinha apertadinha muito tempo ate q ela gozou e pediu que eu tb gozasse.

Aproveitou e chupou toda a porra restante em meu pau, e como chupa bem aquela safada, eu disse para ela q queria comer seu cuzinho e ela disse q não deixaria pq ainda era virgempq meu primo não gostava de cuzinho achava nogento, eu respondi para ela q ela iria gostar e q eu iria devagar e quando ela pedisse eu pararia, ela topou e pediu que eu fosse com carinho,e comecei ela pediu q eu parasse mais eu não parei fui ainda com mais força, e ela gritava e gemia de dor e prazer perdendo a cabaço de seu cuzinho, estoquei seu rabinho durante um longo tempo ate q exaustos gozamos juntos e como estavámos caimos deitados sobre a cama. Ela me disse que o frouxo do meu primo nunca tinha dado a ela uma noite tão prazerosa, e que queria sempre repetir, e foi assim que fizemos nos outros 3 dias que ainda fiquei la pq meu primo estava viajando, e sempre q ele viaja ela diz a ele que esta com medo de ficar sozinha e pede que deixe laguém para tomar conta dela, e é lógico que ele deixa o priminho prestativo aqui,,, e sempre quando chega ele me dá uma graninha como agradecimento, mau sabe ele que eu faria isso de graça, e que ele me paga é para comer aquela delícia da melher dele...

FONTE:http://www.casadoscontos.com.br/texto/20051080
 
Support : Copyright © 2015. Hot Maduros - All Rights Reserved