Home » » Livros eróticos para reacender o casamento

Livros eróticos para reacender o casamento


Conheça mais sobre o gênero de literatura que está fazendo sucesso entre as mulheres




O sucesso de Cinquenta Tons de Cinza quebrou o tabu da leitura de livros eróticos. Agora qualquer uma pode ler uma obra mais picante até no metrô, sem ficar com vergonha. Fazer como a Lavínia e se inspirar para botar fogo na cama ficou fácil.

E tem livro para todos os gostos: desde os mais safados de bolso, até os atuais da moda e ainda clássicos repletos de cenas picantes! Confira a seleção:

Cinquenta Tons de Cinza, de E.L. James, Ed. Intrínseca, R$ 39*
A ingênua Anastasia se envolve com o empresário Christian Grey. Poderoso e dominador, ele a apresenta a um novo mundo sexual, repleto de algemas e chicotes. Anastasia, então, deixa seus desejos mais secretos virem à tona.

Toda Sua, de Sylvia Day, Ed. Paralela, R$ 29,90*
Eva consegue o emprego dos sonhos numa agência de publicidade. Lá, conhece o rico e sensual Gideon, com quem se entrega a transas intensas, sem limites, onde vale tudo. Bem na pegada de Cinquenta Tons de Cinza...

Amante Libertada – Irmandade das Adagas Negras, de J.R. Ward, Ed. Universo dos Livros, R$ 44,90*
Décimo livro da série, ele mostra a paixão arrebatadora entre a vampira Payne e o humano Many, e a luta deles para concretizar uma união erótica proibida entre dois mundos.



100 Escovadas Antes de Ir para a Cama, de Melissa Panarello, Ed. Objetiva, R$ 37,90*
Num diário, Melissa conta suas descobertas sexuais a partir dos 15 anos de idade. Para se encontrar, ela vive variadas experiências, de sexo grupal a sadomasoquismo.

A Casa dos Budas Ditosos, de João Ubaldo Ribeiro, Ed. Objetiva, R$ 36,90*
Sem papas na língua, uma senhora de 68 anos conta tudo o que já viveu em termos sexuais. Prepare-se: são experiências de todos os tipos, sem qualquer tipo de preconceito.

O Amante de Lady Chatterley, de D.H. Lawrence, Ed. Martin Claret, R$ 14,90*
O romance entre uma mulher rica e um operário causou polêmica na época de seu lançamento, em 1928. O livro é repleto de cenas explícitas de sexo, sem censura na escolha das palavras.



Muito Prazer, Amy, de Amy Molloy, Ed. Fontanar, R$ 29,90*
Para lidar com o luto da morte do marido, a jornalista Amy se entrega a uma vida de prazeres. A cada noite, uma nova aventura com algum desconhecido a ajuda a preencher o vazio de sua vida.

Uma Sedução por Semana, de Betty Herbert, Ed. Fontanar, R$ 34,90*
Casados há anos, Betty e Herbert se amam, mas o desejo acabou. Então, Betty propõe um desafio: a cada semana, eles têm um dia para fazer amor e a cada vez um deles deve mostrar uma nova forma de sedução.

A Noiva Despida,de Niki Gemmel, Ed. Leya, R$ 29,90*
Esposa perfeita e mãe de família, uma mulher desaparece e deixa para trás um  bombástico diário. Nele, revela a vida dupla que levou desde a sua lua de mel no Marrocos, quando achou um livro de aventuras sexuais sem limites.

* Preços pesquisados em novembro de 2012

"Os livros eróticos reascenderam nosso tesão"


Não consigo me lembrar do nome daquele livro, mas num trecho o protagonista estava no banho e a mocinha invadia o chuveiro para ajudá-lo a se lavar. A cena ia ficando picante, picante... E os dois partiam para o bem-bom. Enquanto lia, me imaginei no lugar da mulher.

Fiquei tão excitada que à noite, quando o Uibiran tomava banho, parti para a ativa. Entrei no chuveiro e comecei a ensaboá-lo. Ele ficou surpreso, mas logo relaxou e, ali no box mesmo, fizemos amor como não acontecia havia tempo. Casada há quase cinco anos com meu amor, com minha terceira filha pequenininha, nossa relação andava fria. Chegávamos a ficar 15 dias sem transar.



A cada novo livro, uma ideia nova
Desde a adolescência, eu leio muito. E entre os livros que escolhia sempre havia um ou outro mais picante. Comecei com os encartes de contos que vinham nas revistas de mulher pelada que meus colegas compravam. Depois, passei a ler os livros de banca. Às vezes, lendo no ônibus, eu olhava para o lado e ficava roxa de vergonha, pensando se alguém poderia ter visto as "indecências" que eu estava lendo.

Só que, com os filhos e as responsabilidades da vida adulta, fui abandonando a minha paixão pelos livros. Os eróticos, então, nem se fala! Mas foi só retomar as leituras para umas obras picantes caírem na minha mão e eu ter a inspiração para recuperar meu casamento. A cada nova obra que eu lia, uma ideia surgia! E meu casamento, que antes estava bem frio, foi pegando fogo novamente. Quando dei por mim, já estávamos transando cinco vezes por semana!

As histórias me inspiram a ser uma mulher a cada noite
Mas o legal dos livros é que não dão só ideias. Eles inspiram mesmo. Por não terem imagens fechadas,  como os filmes, é muito fácil se colocar no lugar das protagonistas e viver aquele momento com elas. Isso é excitante demais! Então, é assim: se leio um livro com uma protagonista mais frágil e tímida, naquela noite incorporo o papel e me transformo numa mocinha bem recatada. Já na noite seguinte, se leio algo com uma mulher mais ativa e sedutora, chego na cama me sentindo poderosa e domino meu marido.



Com isso, parece que comecei a me sentir mais sexy e até minha autoestima melhorou! E o Uibiran, ao me ver mais animadinha, também entrou no clima e passou a me procurar mais. Meu homem entrou tanto no embalo que, há um tempo, resolvi incluí-lo nas minhas leituras. Em vez de ler sozinha, combinei com ele de lermos um capítulo por noite.









dicas para o sexo - sexualidade -  Desejos e Fantasias de Casal









 
Support : Copyright © 2015. Hot Maduros - All Rights Reserved