Home » » CONTO: Uma Felina no cio

CONTO: Uma Felina no cio





































Há muito tempo tenho vontade de postar minhas experiências sexuais vividas ao longo dos anos. Tenho 34 anos, moreno, 1,85m, 86kg. e adoro sexo. Tudo começou num inocente bate papo na net.

Estava navegando, quando um nick me chamou atenção, FelinaSexy, fiquei curioso e iniciei a conversa, no início ela não queria, mas resolvi insistir, quando menos esperava já estavamos confidenciando nosso loucos desejos.

Ficamos assim, na net por algumas semanas, trocamos fotos, nos deliciamos por telefone e nada de nos conhecer-mos pessoalmente.

Marcamos uma infinidade de vezes, de nos encontrarmos, mas nunca dava certo, até que um dia....um dia, deu certo.

Comia aquela mulher há algumas semanas, só na punheta, ela me mandava vídeos tocando uma siririca, introduzindo consolos na bucetinha e no cuzinho, fui ficando cada vez mais tarado por ela.

Mas então, marcamos num estacionamento de um grande Supermercado na zona oeste de Sampa. Quando cheguei, ela já estava aguardando, saí do meu carro e fui em direção ao carro dela.

Que surpresa, Cátia, chamarei assim, era uma mulher bonita, cabelos longos, lisos, acaju, pele branca, seios siliconados e uma bunda deliciosa. Nos comprimentamos e nos olhamos nos olhos fixamente, num desejo louco.

Cátia colocou a mão na minha coxa, meu pau crescia em ritimo acelerado, o volume ficou evidente, ela acariciou meu pau ainda por cima da calça, e nos beijamos loucamente. Passava as mãos nas suas pernas, nos seus seios, mordiscava sua orelha, roçava no pescoçinho dela.

O tesão, o desejo aflorava em nós, exalávamos sexo, quem já passou por isso, sabe oque estou dizendo.

Tratamos de sair dali, fomos direto a um Motel, ali perto, entramos na suíte e joguei-a na cama, arranquei suas roupas, suguei seus mamilos como um louco, enquanto tirava sua calça e sua calcinha.

Me livrei também das minhas roupas, meu pau estava em riste, duro como pedra, desci um pouco mais e passei a mordiscar seu grelinho, na primeira sugada, Cátia gozou.

Aquele liguido me deixou ainda mais louco de tesão, passei a sugar, mordiscar, lamber aquela xaninha maravilhosa, virei o corpo e ficamos num 69 maravilhoso, ela sugava minha rola com vontade, como se quizesse arrancar algo dentro, e queria mesmo.

Nos chupávamos como loucos, gemiamos como cães no cio, até que resolvi conduzir ao meu modo aquela transa sensacional.

Coloquei-a de quatro, passei a lamber ora o cuzinho, ora a bucetinha, num vai e vem delicioso, ela urrava de tesão, aquela bucetinha encharcada de prazer, me levava ao êxtase.

Ela me puxava pelo braço, como me pedindo para penetrá-la, me posicionei atrás daquela bunda deliciosa e encostei o pau na entrada daquela bucetinha maravilhosa, empurrava lentamente, quando chegou na metade, estoquei gostoso pinto a dentro, ela deu um grito e começou a rebolar aquele bundão gostoso na minha pica.

Passei a bombar naquela buceta gostosa, num vai e vem cadenciado, a puxava pelos cabelos enquanto socava naquele bucetão. Levantei, ainda com o pau na sua buceta, e montei naquela égua no cio, o pau entrava até o talo, minhas bolas batiam na sua bunda, ela gemia, falava coisas deliciosas, me chamava de puto, safado, gostoso. Nessa posição o pau vai até o fundo da buceta, uma delícia.

Resolvi trocar de posição, sentei na beirada da cama, e ela sentou-se no meu colo, de frente pra mim, com as pernas abertas, para cima da cama. Fodia com maestria aquela femea no cio, a dado momento, na mesma posição, levantei com ela encaixada em mim e passei a fodê-la de pé, no meu colo (adoro essa posição) é desgastante, mas muito excitante, passei a bombar forte, mais forte, até que senti o orgasmo chegar, como um raio.

Urravmos de prazer, (quando estou gozando, solto gemidos, gritos, urros de excitação), enfim, enchi aquela mulher com meu leite quente, caímos na cama felizes com nossa primeira transa. Naquela mesma tarde, transamos mais duas vezes. O tesão estava há muito tempo acumulado, até então nos deliciávamos pelo telefone.

Assim foi minha primeira transa com Cátia...Tivemos outras tardes e manhãs deliciosas...

FONTE: http://www.casadoscontos.com.br/texto/2008106
 
Support : Copyright © 2015. Hot Maduros - All Rights Reserved