Home » » CONTOS: Mulher bem tratada nunca esquece

CONTOS: Mulher bem tratada nunca esquece

























Sou de Goiania 33 anos, bom nivel, me cuido muito, e sempre tive boas experiencias, uma dessas foi com uma pessoa muito bem relacionada daqui, e acabamos ficando uma vez e logo ela sumiu, quando eu pensei que nao fosse mais ve-la...

Cheguei em casa a noite e ao abrir o orkut vi uma mensagem; "quero te ver hoje" Confesso q a mensagem me deixou surpreso, pois alem da mensagem ser literalmente 'curta e grossa" rsrsr ja fazia um tempinho que eu nao encontrava com a minha Deusa...De imediato respondi, perguntando o horario q podiamos nos encontrar, e fui tomar um bom banho, ja com mil pensamentos na cabeça....

Estava me secando e o fone toca, era ela com sua linda voz, dizendo; "respondendo sua pergunta, gostaria de ve-lo agora" e eu perguntei, o q ta afim de fazer, esperando uma resposta informando um local p sairmos, mas ela respondeu; "quero ir p sua casa" e eu disse; "entao venha que estou esperando-a, daquele jeito que vc gosta..."

Em poucos minutos ja ouvi o carro estacionando e fui recebe-la, qdo abri a porte ouvi, "hummmmm" pois eu estava so de toalha,e deu um belo sorriso, mas um sorriso cheio de malicia, ela estava linda, com seus cabelos avermelhados, perfumada, e com um vestidinho bem solto, e logo nos abracamos e nos beijamos, como se nao nos vissemos ha anos, tudo isso sem dizer uma palavra ainda...

Logo, como num passe de magica, meu pau estava ereto e duro como uma pedra,e ao enfiar a mao por baixo de seu vestido senti sua xana inundada, ai nao aguentei, deitei-a na cama, e mesmo antes de tirar o vestido dela, puxei sua calcinha p o lado e cai de boca naquela xaninha, pois qria todo aquele mel na minha boca, e eu passava a lingua em toda a extensao, sentindo cada milimetro daquela xana melada, e ela suspirava, gemia e se contorcia, e eu chupava cada vez mais e com mais intensidade... nao aguentando, parei p tirar a calcinha q incomodava um pouco, e nesse momento ela aproveitou e puxou seu vestido, ficando peladinha, e eu parei e fiquei observando, e nao acreditava na cena, aquela linda mulher, deitada com as pernas abertas me olhando com cara de tsao, mais uma vez nao resisti e cai de boca novamente, agora a chupando com mais intensidade e fazendo movimentos ritmados no seu grelinho...ate q apos um tempo me deliciando, sinto ela segurar minha cabeça c as 2 maos e pressiona-la contra sua xana, como se estivesse qrendo q eu entrasse nela, e começou a fazer movimentos com o quadril, como se estivesse metendo na minha boca e começou, a acelerar, e derrepente, aos gritos, sinto ela encher minha boca com seu nectar... Confesso que nao me lembro de ter visto ela gozar tao forte assim....

Ficamos um tempinho deitados, p ela se recuperar, enquanto isso ela acariciava, bem de leve, meu pau...ai nao aguentando mais, levei o pau na sua boquinha q o chupou todinho, ai parei coloquei a camisinha, e tudo isso com ela me observando, peguei-a, a virei de costas, arrebitei sua bundinha e enfiei de uma vez, tarefa facil, pois sua xaninha estava totalmente meldada...apos umas bombadas, tirei o pau e dei uma pincelada naquele rabinho delicioso e apertado, e ela deu uma recuada, e eu disse; "hoje qro gozar nessa bundinha" e ela respondeu; "pode comer o q voce quiser, pois sou toda sua, mas vai devagar..." ai abri aquela bundinha, passei a lingua naquele cuzinho e comecei a enfiar, quando enfiei a cabeça, ela deu um grito; "ai, ai, devagar por favor.." ai eu dei uma parada p ela se acostumar, e falei nos seus ouvidos; "hoje vou te comer sem do minha putinha..." e continuei enfiando, quando senti que ja estava quase inteiro, comecei o vai e vem, e logo estava acelerado, metendo forte e arrombando aquele maravilhoso cuzinho, e ela gemia, gritava, e eu nao queria saber se era de prazer ou de dor, so queria meter...

Logo gozei como louco naquela bundinha,e ficamos engatados por um tempo, suados, sentindo o corpo um do outro, sem dizer uma palavra...ai fomos tomar um banho...voltamos e ainda metemos muito na noite...e acabamos dormindo juntos...

Ao amanhecer, olhei p o lado e fiquei apreciando aquele rostinho angelical que estava ao meu lado, dormindo como uma anjinha, e fiquei lembrando da noite que tivemos, e logo coloquei minha mao bem de leve na sua deliciosa xana,poucos pelos, depiladinha, nao resisti e tireo o lençol e fui dar uma chupadinha matinal naquela bela xana, quando encostei a lingua nela, vi ela se acordar e me olhar com aquela cara sonolenta e me dar um sorriso...essa foi a chave p eu continuar a me deliciar com ela, sentia o cheiro e o gosto daquela xana q tinha sido usada, e bem usada, a noite inteira, ai ai como eu gosto....e eu chupava, chupava, e enquanto chupava, acariciava aqueles peitinho lindos, que pareciam ter sido esculpidos de tao perfeitos, e ela segurava, acariciava e beijava minha mãos, como q se quisesse me agradecer por tanto prazer...entao sube e dei-lhe um beijo p ela sentir um pouco do gosto da sua propria buceta, e qo ela viu q meu pau estava duro e querendo penetra-la, ela pediu p ir ao banheiro antes...

Quando ela voltou, ela se deitou ao meu lado, me deu um beijo, eu peguei sua maos levei ao meu pau e ela ficou acariciando-o, e me disse; : eu queria sentar em voce,mas nao vou aguentar, minha bucetinha esta ardendo, voce acabou comigo essa noite, e meu cuzinho entao, nao posso nem sentar..." e realmente, tinhamos metido como loucos...mas eu estava morrendo de tsao, e peguei sua cabeça e, sem dizer nada, empurrei em direcao ao meu pau, e ela logo entendeu e desceu, chupando-o bem devagar, lambendo-o todinho, de cima em baixo, e logo estava chupando e batendo uma punheta p mim, era tanto tsao que nao precisou muito tempo p eu anunciar o gozo que foi totalmente engolido por ela...

Ai ficamos um tempinho abracados, nos curtindo, e ela inf teve que ir...mas antes de sair me disse; "assim que eu me recuperar quero mais, muito mais..."

FONTE: http://www.casadoscontos.com.br/texto/200905243
 
Support : Copyright © 2015. Hot Maduros - All Rights Reserved